Cursos presenciais suspensos

Decidi por enquanto suspender meus cursos presenciais. Para serem produtivos, precisam contar com 12 participantes no máximo. E para não se tornarem inviáveis, é necessário que haja pelo menos 9 inscritos. Como tinha muita dificuldade em conseguir mantê-los nesses parâmetros, decidi suspendê-los. Ainda dou cursos presenciais contratados em agências ou para grupos de tradutores, sempre a pedido.… Continue a leitura

0 Comments

Novidades no Wordfast Classic

O 1º Congresso de Wordfast em Riga (que me impediu de participar da Abrates este ano) resultou em muitas novidades, algumas das quais quero anunciar aqui em primeira mão.

Possibilidade de n memórias no Wordfast Classic
Tradicionalmente o Wordfast Classic só permite o uso de uma TM. Ou duas, considerando o uso de uma 2ª TM como BTM (somente para leitura).… Continue a leitura

2 Comments

Atalhos do Wordfast Classic

Todos nós conhecemos meia-dúzia de atalhos do Wordfast, aqueles que mais usamos. Alguns com mais traquejo conhecem talvez uma dúzia. Eu, por força dos cursos que dou, mais alguns. Mas há muito mais. Aqui há uma lista desses atalhos, em ordem alfabética. Como tem gente que costuma identificar a dupla de teclas Ctrl e Alt por Ctrl+Alt e outros por Alt+Ctrl, eles estão listados com as duas formas.… Continue a leitura

5 Comments

Redefinição de atalhos no Wordfast Classic

Existe algo mais frustrante do que perder a tradução de um segmento longo e complexo? Isso acontece comigo e não raramente: para passar de um segmento ao próximo, o atalho tradicional do Wordfast é Alt+Seta p/ baixo. Ora, como as teclas de setas (para direita e para esquerda) são contíguas à da seta p/ baixo, volta e meia esbarro nelas, criando um efeito indesejado: em vez de Alt+Seta p/ baixo acabo clicando em Alt+Seta p/ esquerda ou Alt+Seta p/ direita.… Continue a leitura

5 Comments

O novo recurso AutoSuggest da versão 6.07x

No meu último post eu havia comentado sobre as novidades da nova versão do Wordfast Classic, a 6.07x. Dentre elas, uma chama bastante a atenção, o AutoSuggest.
Embora não seja uma verdadeira novidade — já existia com o nome de AutoComplete — ele traz um novo conceito na maneira de aproveitar sugestões da memória, dos placeables e dos glossários.… Continue a leitura

1 Comments

Novo Guia do curso básico

Para dar meus cursos de Wordfast uso o material de treinamento da própria Wordfast: dois guias escritos pelo Yves Champollion (básico e intermediário — nunca saiu o avançado), cuja última atualização foi feita em 2005. O Flávio Steffen sempre traduziu a documentação do Wordfast e foi na tradução desses dois guias que me baseei.… Continue a leitura

0 Comments

Finalmente sai a nova versão do Wordfast Classic

Depois de um ano e meio, está finalmente disponível a versão 6.07x do Wordfast Classic. Sabe-se que as versões do WF têm um sistema de numeração bem particular: o número 6 identifica a geração, o Wordfast atual é portanto a 6ª geração. A partir daí, segue-se uma numeração, que começa em 00 e é seguida de uma letra, de a a z.… Continue a leitura

3 Comments

Novos cursos presenciais em São Paulo

Acabei de marcar os cursos de férias do Wordfast Classic, básico e avançado, em São Paulo. Os cursos serão dados no mesmo lugar de sempre, na Impacta, onde alugo uma sala com computadores para todos os alunos. Os cursos são eminentemente práticos, é como acredito que tenha que ser dado um curso de ferramenta CAT.… Continue a leitura

1 Comments

Ferramentas de auxílio à tradução: por onde começar?

Ao dar meus cursos básicos de Wordfast percebo que muita gente tem dificuldades muito maiores do que simplesmente escolher ou aprender a usar uma ferramenta CAT. Não conhece suficientemente um computador e como interagir com ele. Por isso resolvi fazer esta palestra no IV Congresso da Abrates, voltada a tradutores com pouco ou nenhum conhecimento de informática, mas que já sabem da necessidade de melhorar sua produtividade e qualidade para poder ocupar seu lugar no mercado de trabalho.… Continue a leitura

0 Comments , ,

A Lista Negra

Há muito tempo, quando eu tinha uma empresa de representações de informática e ainda não existia processador de texto, minha secretária costumava mandar cartas aos clientes começando com com algo do tipo “Atendendo o seu peido nº 4765…”. Sim, você leu direito, era isso mesmo e foram muitas vezes. Hoje não tenho mais empresa nem secretária, e não preciso escrever essas cartas.… Continue a leitura

1 Comments